Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2015

2015, o ano em que a Globo descobriu o racismo

O ano em que nos proibiram o sonho e a alegria

O selfie de Dieckmann e Casé com as empregadas e o contexto sociocultural das domésticas no Brasil

Internet impulsionou surgimento de um novo feminismo

Retrospectiva em preto e branco, sem blackface!

Não existe bolha para proteger do racismo